Translate

quinta-feira, 27 de março de 2014

Bancada eletro-eletrônica econômica


Meus caros amigos, vou sugerir através desse texto uma aplicação prática que aproveita uma rack de computador, Fonte ATX e régua regulada de tomadas, padrão ABNT.
Dimensionar e organizar uma bancada se torna simples e permite reciclar móveis que poderiam ser descartados, e no vídeo que criei, procurei mostrar isso na bancada que foi configurada.
Não foi necessário furar nada, apenas foi fixo com braçadeiras plásticas, de forma que permita um novo dimensionamento ou até transporte dos itens.
Foi utilizado uma Fonte ATX de 127/220V, de 400W, uma rack de computador usada com a mesa e suporte superior e uma régua de 06 tomadas no padrão ABNT. A bancada foi dimensionada de forma que a fonte ficasse na mesa para acoplar tensões nas matrizes de contato que seriam provados os circuitos, um netbook ou notebook no lado direito, uma tela plana no suporte superior acompanhada de multímetro, ferramentas da bancada e componentes eletrônicos. As ferramentas e componentes acondicionados em caixa específica.
A bancada foi montada obedecendo essa lógica e ela funciona com desempenho excelente, detalhe que qualquer pessoa pode fazer, com um baixo custo. Para ter idéia uma bancada profissional, com fonte e instrumentos, sai por volta de 5000,00 reais. A nossa bancada com todos os itens sai por um preço máximo de 1200,00, bem menos...
Chamo a atenção pra vocês verem uma bancada alternativa, criação do meu amigo reparador Edson Oliveira, cujas fotos seguem abaixo:


 Vejam o detalhe construtivo com a inserção de uma chave liga desliga e a marcação das tensões no cabo da fonte.

 A bancada pode ser do tipo apresentado, de madeira, ou uma rack de micro adaptada como é sugerido no vídeo do youtube.

 Mais um detalhe das marcações de tensão







 A fonte pode ser de 200, 400 e até 700 W, com alto desempenho nas tensões, em breve irei sugerir um circuito ajustável simétrico que pode ser adaptado a essas fontes.




Observem a praticidade e a habilidade com que foram feitas a bancada e a fixação da fonte ATX, assim como os detalhes de marcação do chicote e cada conexão de tensão. Valeu a pena, Edson!
Em seguida, podem conferir o vídeo postado no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=sZ0mymNh904&list=FL0iswTVImbm7W49hI1jXuVg&index=67

 É uma outra forma de adaptação que segui conforme descrevi acima pra vocês, cabe agora cada um
criar o seu planejamento de execução e aos fabricantes vai a dica de adaptarem bancadas de baixo custo e excelente eficiência, aproveitando essa idéia.
 Vejam uma nova versão, que adaptei com um VU e coloquei apoios, ficando muito prática a fonte, aproveitei e dimensionei uma bancada no trabalho, reaproveitando elementos que seriam sucateados.
 Observem que os terras estão conectados à carcaça metálica da fonte, as tensões de 12, 5, -5, -12, 3,5V estão todas reunidas no cabo de saídas com as respectivas conexões.
 Bom trabalho!



Abraços a todos!

By Rubens de Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário